quarta-feira, 14 de abril de 2010

Ele há dias...

Como é do conhecimento dos leitores atentos deste blog, hoje foi o aniversário do Gustavo.

Ele tinha que levar um bolo para a pré, e optámos por fazer e decorar em casa (são mais saudáveis).

Como ontem tive um funeral em Viseu e já cheguei tarde, optei por fazê-lo hoje e ir lá levar. Ontem passei no palácio do gelo a comprar a prenda (uma bateria!!!!) e comprei as decorações para o bolo.

Hoje trabalhei de manhã e depois meti mãos à obra para fazer um bolo de iogurte. Tudo direitinho, até que na hora de densenformar ele partiu-se!!! De referir que já faço bolos de iogurte há imenso tempo e nunca me aconteceu isto.

Como já era tarde e não havia tempo nem disposição para fazer outro decidi correr os hipermercardos à procura de um bolo que não tivesse muitos cremes para levar.

Encontrei este no modelo, que até era bonito e tinha uma massa óptima. As crianças adoraram.

Depois desta caça ao bolo fui para a pré, cantámos os parabens e comemos.

Fiquei incomodada porque lá na pré do Gustavo existe um menino de cor que é muito maior que os outros (em tamanho). Já algumas vezes o Gustavo chegou a casa com nódoas negras e diz que foi o tal menino, mas eu acho que pode nem ser por mal, mas sim dever-se ao facto de ele ser fisicamente mais forte.

Adiante, hoje ele estava de castigo e não o deixaram comer bolo. Segundo elas, na hora de almoço ele virou uma faca a um menino da primária, e como consequência disso teve este castigo.

Não sei quais foram as circunstâncias, mas virar uma faca é grave. Nem vou por em causa os métodos delas, mas incomodou-me imenso vê-lo a chorar o tempo todo a olhar para os outros a comer o bolo. Eu não tinha pulso firme para fazer aquilo, mas isto sou eu que sou um coração mole!!!


O dia de anos do Gustavo terminou com um jantar em casa da minha mãe, com parabéns cantados e para sobremesa o bolo partido (que estava óptimo de sabor).


1 comentário:

  1. Normalmente é sempre assim, quando precisamos que as coisas corram bem , sai asneira!
    Paciência, mas a situação foi muito bem resolvida e o bolo era bem bonito!

    Quem sou eu para contestar algum metodo, mas arrepiei-me ao imaginar a cena de "todos a comerem bolo e o menino a chorar sem poder comer".
    De facto o que ele fez foi muito grave... e ainda bem que eu não estava lá para ver, porque o meu coração de manteiga derretida não sei se aguentava...

    Tenho pena mas não cheguei a tempo de ver o G. no Panda!

    Beijinhos

    ResponderEliminar