sábado, 9 de junho de 2012

Do jogo

Como referi num post anterior, eu não acreditava nesta selecção. Mas, como boa portuguesa que sou, vi o jogo. E, a partir de uma certa altura comecei a acreditar. Ora, isto não é bom, porque agora estou aqui tristíssima.
Se eles tivessem jogado mal, eu estava chateada, mas pelo menos havia um motivo. Mas hoje não, até acho que eles se esforçaram bastante, não tiveram foi muita sorte.
E lá estive eu, noventa e cinco minutos à frente da televisão, para no final sair com uma lagrimita no canto do olho.
Vamos ver como vão correr os próximos. Espero que continuem a jogar bem e que a sorte se lembre de nós!

Sem comentários:

Enviar um comentário