sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Ainda do post anterior

Eu já fui ao cabeleireiro todas as semanas, agora vou quando preciso de cortar o cabelo. Arranjo as unhas, estico o cabelo e faço a depilação em casa. Não é por isso não ando arranjada, muito pelo contrário.
Houve uma altura em que comprava imensos livros. Este ano penso que só comprei um ou dois. E, por incrível que pareça, está a ser o ano em que li mais. A biblioteca é sempre uma boa opção.
Também já passei por uma fase em que saía bastante à noite. Agora saio raramente e sabem que mais, adoro estar em casa. Gosto mesmo das noites de sexta e sábado passadas a ler, a ver filmes / séries ou até a conviver com amigos.
O ano passado e este ano não fiz férias fora, mas não fui por isso que deixei de gozar.
Não compro roupa com a frequência que comprava, tenho a suficiente e até doei bastante. Não vou atrás de modas (nunca fui), tenho o meu estilo e sou-lhe fiel.
Estou muito mais organizada em termos domésticos, planeio menus e não há desperdício de comida.

E é isto, a crise também me apanhou e cada vez mais penso muito bem antes de fazer uma compra (mesmo que tenha dinheiro disponível para ela).
O mais curioso no meio disto tudo, é que só sinto falta de viajar. O cabeleireiro, as saídas e os livros não me fazem falta nenhuma (os livros continuo a ter, só não os compro).
E sim, sou muito feliz assim. Penso que descobri o prazer das pequenas coisas.

Sem comentários:

Enviar um comentário