quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Da greve

Bem sei que foi ontem e se calhar já venho um bocadinho tarde, mas mesmo assim vou dar a minha opinião.
Eu sou contra as greves. Compreendo que as pessoas têm de lutar pelos seus direitos, mas não acho que seja com um dia que dá ao país milhões de euros de prejuizo que as coisas se vão resolver.
Apesar de ter esta opinião, respeito quem faz. Acho que cada um pode ter a sua.
Não posso é concordar com a pressão que os piquetes de greve fazem sobre quem quer trabalhar. Existe uma coisa que se chama LIBERDADE e, se eles são livres para escolher fazer greve, os outros também são livres (ou deveriam ser) para escolher não fazer.
Também sou contra a violência e destruição gratuitas. O que se passou ontem em vários locais do país foi uma vergonha. E arrisco mesmo a dizer que, os responsáveis por aqueles actos são os chamados parasitas da sociedade, que em nada contribuem para o desenvolvimento da mesma.
Ao contrário das greves, sou a favor das manifestações (desde que pacificas). Feitas ao fim de semana e bem organizadas, penso que são uma boa forma de fazer chegar a mensagem. E isso viu-se em setembro.
E vocês, fizeram greve?

Sem comentários:

Enviar um comentário