segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Adeus 2012

Com 2012 a chegar ao fim, é altura de fazer um balanço.
Este não foi um ano bom.
Em termos de saúde, tive um inicio horrível, com janeiro e fevereiro quase sempre doente.
Também o fantasma do cancro voltou a assombrar a nossa família, mas felizmente está tudo controlado.
A nível profissional não começou da melhor forma, mas parece-me que está a terminar bem.
A nível pessoal, nada de novo. Continuo solteira, boa rapariga e apaixonada por mim e pela vida.
Foi um ano de muito exercício físico (fiz kms de bicicleta).
Não fui de férias mas tive alguns fins de semana fora.
Houve alguns convívios e saídas, mas muito menos que em anos anteriores (cada vez gosto mais de estar em casa).
Li imenso (26 livros) e dediquei-me à fotografia.
Tornei-me muito mais organizada, comecei a acordar mais cedo e inspirei-me nas filosofias do minimalismo. Sou muito mais feliz com menos.
Também me tornei dadora de medula, coisa que queria há muito tempo.
Foi também o ano em que o meu avô deixou a sua casa e foi para o lar.
E foi mais ou menos isto, tive imensos problemas, mas não me deixei abater por eles.
Continuo a lutar por aquilo que quero e, apesar de todas as previsões indicarem o contrário, recebo 2013 de braços abertos e a acreditar que vai ser um ano de concretizações.
Um Bom 2013 para todos.


Sem comentários:

Enviar um comentário