terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Ajudar o Gonçalo

Há uns tempos, em conversa com uma amiga que tem o sobrinho à espera de um transplante de medula, ela referiu que algumas pessoas são chamadas para salvar uma vida e recusam, isto depois de se terem inscrito como dadores.
Sinceramente custa-me a acreditar que algum ser humano seja capaz disto, mas pelos vistos são.
O Gonçalo encontrou um dador compatível, mas que se recusa a fazer o transplante.
Não vou dizer o que penso de uma pessoa que tem uma atitude destas, apenas deixo o apelo: divulguem isto e para ver se juntos fazemos a pessoa em causa compreender que pode ser a diferença entre a vida e a morte do Gonçalo.



Sem comentários:

Enviar um comentário