domingo, 31 de março de 2013

Da Páscoa

Pois que já passou.
Hoje não meti os pezinhos de Cinderela fora de casa. Era para ir à missa mas o telemóvel não actualizou a hora e fiquei a dormir.
Almoçámos cá em casa e a tarde foi passada em família e amigos (aqui em casa também).
De referir que me estreei na chanfana de borrego e, segundo a minha irmã, estava óptima (só fiz para ela porque não gosta de cabrito).

Basicamente foi isto: comida boa, conversa animada, descanso e chuvinha lá fora.
E a vossa Páscoa, foi boa?

Teorias do Mundo da Anabela

Não concordo com aquela velha máxima de que os amigos se vêem nos maus momentos.
Para mim, amigo que é amigo está presente em TODOS os momentos.
Aqueles que só estão nos maus, quando é para nos ver sofrer e nos bons fogem que nem ratos, são, na minha opinião, uns frustrados invejosos que não aguentam ver as vitórias dos outros.


sábado, 30 de março de 2013

Do Dia de Hoje

Casa Limpa - Done
Chanfana de Borrego no Forno - Done
Cabrito da Caldeirada estufado - Done
Entradas e Sobremesas - Done (esta parte foi com a minha irmã)

Ontem não fiz nada e hoje tive que correr o dia todo, mas está tudo pronto.
Já vos disse que gosto de receber pessoas cá em casa?

Tenham uma Boa Páscoa :)

sexta-feira, 29 de março de 2013

Das coisas que eu gosto...

... dormir a sesta. ADORO!
E hoje consegui dormir uma.
Saí de casa porque tinha que ir comprar umas garrafas (aproveitei para ir tirar fotos da cheia), voltei e tive uma tarde virada para o descanso: dormi, li e vi um filme. Pelo meio comi folar acabadinho de fazer.
A isto chama-se tirar partido deste tempo de m**** que não nos larga.

Do tempo

Hoje Águeda está assim:




Páscoa Feliz

O Mundo da Anabela deseja a todos os seus leitores uma Santa e Feliz Páscoa.


Sim, a obra de arte é da criança cá de casa, que tem que ocupar estes dias chuvosos com alguma coisa.

quinta-feira, 28 de março de 2013

Momento Musical

A menina gosta muito:

quarta-feira, 27 de março de 2013

Da entrevista do momento

Pois bem, eu vi a entrevista de José Sócrates à RTP e tenho algumas considerações a fazer:
- O senhor continua com o dom da palavra, esse ninguém lho tira;
- A prestação dos jornalistas foi péssima;
- Isto para a RTP foi um golpe de mestre. Aposto que as audiências estiveram em alta.

Sei que ele fez muita coisa mal feita, mas não acho que ele seja o único responsável pela crise que estamos a viver. Pelos erros que o governo dele cometeu vamos pagar daqui por uns anos, neste momento estamos a pagar erros mais antigos.

Muito Bom

Já postei isto no facebook, mas deixo-vos aqui também.
Se estiverem a precisar de rir, procurem no youtube por "Porta dos Fundos" e divirtam-se:

terça-feira, 26 de março de 2013

Das coisas que me acontecem com frequência

Rasgar collants.
Não conheço ninguém como eu neste campo: não interessa de são da Calzedonia ou da feira, nas minhas perninhas a probabilidade de se rasgarem é igual.
Ultimamente dou por mim a sair de casa com um par extra na carteira, just in case.
E sim, corto as unhas dos pés e tenho a depilação feita, não percebo porque é que isto acontece.
Há por aí mais alguém com este problema?

segunda-feira, 25 de março de 2013

Ponto de situação

Mais uma vez isto tem andado ao abandono.
Se o meu tempo já não era muito, com isto dos licores fiquei com muito menos ainda.
As coisas estão a correr bem e, o que começou como uma brincadeira, está a tornar-se sério e, consequentemente, a tomar-me imenso tempo.
Basicamente deixei de ter fins de semana livres, não tenho tempo para os meus filmes, para as minhas leituras, para estudar fotografia, enfim, tenho deixado de lado uma série de coisas para me dedicar a isto. E o blog tem sido uma dessas coisas.
Claro que daqui por uns tempos estarei mais organizada e vou conseguir conciliar tudo, ou assim espero.
Até lá vão tendo paciência, prometo vir aqui sempre que tiver tempo e inspiração.
Fiquem com uma música para animar a vossa semana:

quinta-feira, 21 de março de 2013

Dia Mundial da Poesia

Celebra-se hoje o Dia Mundial da Poesia.
Deixo-vos com um lindíssimo poema em forma de música:

quarta-feira, 20 de março de 2013

Dia Internacional da Felicidade

Celebra-se hoje pela primeira vez o Dia Internacional da Felicidade.
E vocês, são felizes? Acham que há uma fórmula ideal para ser feliz?


Primavera

Diz que começa hoje aquela que, na minha opinião, é a mais bonita estação do ano.
Sê bem-vinda Primavera. Espero que tragas contigo dias cheios de sol e uma temperatura mais amena, uma vez que já estamos todos fartos de chuva e frio.

terça-feira, 19 de março de 2013

Licorices

Isto anda um bocadinho ao abandono. Aqui a menina, que já tinha pouco que fazer, descobriu uma nova vocação: fazer licores caseiros.
Aquilo que começou como uma brincadeira, tem vindo a crescer aos poucos e, entre procurar receitas, preparar os licores, tratar do marketing e vendas, lá se vão os meus tempos livres.
Não tenciono mudar de área profissional, mas gosto imenso disto. Funciona como um escape que me dá imenso prazer.
E eu que pensava que só era boa a beber... afinal parece que também tenho jeito para os fazer.
Se quiserem seguir as novidades da Licorices no facebook, podem ir aqui dar um "gosto".

sexta-feira, 15 de março de 2013

Os meus Livros #45

O Sonho mais Doce

Nunca tinha lido nada desta autora (que foi Nobel em 2007), mas este prendeu-me.
O Sonho mais Doce é uma história que atravessa várias gerações, caracteriza muito bem o período pós guerra e ainda nos mostra com clareza como era a juventude daquela época, com os seus ideais.
Na minha opinião peca por não estar dividido por capítulos, mas gostei bastante.


Título: O Sonho mais Doce
Autor: Doris Lessing
Sinopse: Em O Sonho Mais Doce, o leitor é conduzido por uma saga familiar que atravessa três gerações, centrando-se o enredo, sobretudo, na década de 60, altura em que a casa de Júlia Lennox alberga uma grande quantidade de jovens, personificando o espírito de liberdade prevalecente na Inglaterra de então. Recuando até 1914, a autora apresenta-nos Philip Lennox e a sua noiva Júlia, tendo como pano de fundo a I Guerra Mundial. Do casamento entre ambos nasce um filho Johnny, que se tornará um comunista muito activo. No limiar da II Grande Guerra Johnny apaixona-se por Frances, camarada do partido. Frances e os dois fiilhos que nascem desta união, abandonados por Johnny, vão morar com Júlia, entretanto já viúva. Já na década de 60, Sylvia, fruto de uma ligação amorosa de Jhonnny, também encontra refúgio em casa de Júlia. Sylvia sofre de anorexia mas apesar da doença consegue formar-se em medicina e depois de uma temporada em África regressa a Londres com dois jovens órfãos. Um retrato de três mulheres-coragem - Júlia, Frances e Sylvia - que aborda temas característicos de várias épocas como a guerra fria, a guerra do Vietname, as drogas, o surgimento da Sida em África, a anorexia e a depressão, entre outras.

quinta-feira, 14 de março de 2013

Do minimalismo

Vocês não imaginam a tralha que tirei da minha garagem hoje.
Tinha guardado tanta coisa inútil, que fui ao lixo três vezes (e olhem que o meu carro tem uma mala grande).

Do novo Papa

Ao contrário do que aconteceu com Bento XVI, simpatizei com o Papa Francisco I.
Gostei do sentido de humor e da maneira simples como se dirigiu aos fiéis.
Espero que tenha força para levar a igreja católica a bom porto.

quarta-feira, 13 de março de 2013

Dos traumas

Nunca fui uma pessoa dada a traumas, apesar de já ter passado por algumas situações complicadas, mas há um que ainda não ultrapassei: o assalto ao escritório.
Mais de seis anos depois, sonho imensas vezes com aquilo (aconteceu mais uma vez esta noite) e no dia seguinte não ando bem.
O simples facto de saber que alguém que eu não conheço violou o meu espaço, deixa-me angustiada.

E vocês, têm traumas?

terça-feira, 12 de março de 2013

Momento Musical

Gosto muito:

Rádio Comercial

Faz hoje 34 anos aquela que é para mim uma das melhores rádios portuguesas, a comercial.
Parabéns!

 P.S. Eu gostava muito de colocar imagens nos posts, mas, lamentavelmente, não o consigo fazer.

segunda-feira, 11 de março de 2013

Do Dia 11

Não sei se já vos disse, mas gosto de dias 11. E gosto ainda mais do dia 11 de Março.
E isto não é viver agarrada ao passado, até porque ele está bem resolvido. É sim recordar algo que me fez muito feliz.
Decididamente sou uma pessoa de datas.

Justin Bieber

Sou sou eu que não acho normal o facto de estarem não sei quantas jovens acampadas desde sexta-feira para ver este rapaz???
Filha minha até podia ir ao concerto, mas acampar lá nem pensar.
São aqueles pais muito modernos ou serei eu muito antiquada???

Do fim de semana

Pois que foi muito caseirinho, com bastante descanso, leituras e alguma TV, tal como o tempo pedia.
Por falar em tempo, sou só eu que ando fartinha de chuva???? Nunca mais chega a primavera!
Estou mesmo a precisar de dias com sol.

Tenham uma boa semana.

sexta-feira, 8 de março de 2013

E por falar em mulheres...

... aqui está uma que vale a pena ouvir:

Dia Internacional da Mulher

Celebra-se hoje o Dia Internacional da Mulher.
Nunca fui muito de grandes comemorações neste dia e este ano não vai ser excepção.
De qualquer forma não podia deixar passar em branco, até porque:
"Ser mulher é ser princesa aos 20, rainha aos 30, imperatriz aos 40 e especial a vida toda"
Agora se não se importam, vou aproveitar a minha fase de rainha :).
Tenham um óptimo Dia da Mulher.


P.S. Se eu fosse homem, aproveitava para sair hoje. Elas andam à solta...


quinta-feira, 7 de março de 2013

Out off Office Day

Hoje chega a Portugal pela primeira vez o Out off Office Day. Basicamente é permitido aos trabalhadores trabalharem a partir de casa ou de outro lado qualquer, fora do escritório.
Quem me segue sabe que eu sou completamente a favor do teletrabalho e já aqui falei disso algumas vezes. Eu tenho uma empresa, dou formação e sou consultora, e trabalho a maior parte do tempo neste regime.
Como tudo, este sistema tem vantagens e desvantagens: é preciso ter muita disciplina, mas, tirando a parte do isolamento (que para mim é a principal desvantagem), penso que as pessoas teriam muito mais rendimento trabalhando desta forma.
E vocês, já tiveram alguma experiência de teletrabalhadores?

quarta-feira, 6 de março de 2013

Lisboa

Já referi aqui imensas vezes que gostava muito de morar em Lisboa. Para mim é das cidades mais bonitas e, esta vontade acentua-se de cada vez que vou lá.
Na semana passada falava com uma amiga sobre isto e ela dizia-me que as pessoas de Lisboa não gozam a cidade e não têm muita qualidade de vida. Eu sei que há pessoas assim, mas também há quem tire partido das coisas boas que a cidade oferece, e eu, se morasse lá, ia pertencer à segunda categoria.
Tudo bem que o transito é um problema, que a insegurança é maior, mas por outro lado têm tudo à mão.
É ou não verdade que as coisas mais importantes acontecem em Lisboa?
Neste momento e nos próximos anos não posso realizar este meu desejo, mas garanto-vos que um dia ainda vou morar na capital (se calhar é melhor ir vendo os preços dos lares de 3.ª idade :)).
E vocês, leitores da capital, pertencem ao grupo de pessoas que aproveita a cidade ou que é escrava da mesma?

Das coisas que eu gosto

Andar de Comboio.
É sem duvida o meu meio de transporte favorito.

Dos Filhos

Penso que já devo ter falado aqui sobre este assunto, mas hoje apetece-me outra vez.
Eu, apesar de não ser mãe, imagino que seja uma coisa maravilhosa e que não exista amor maior.
Um filho é uma ligação para a vida, mas, na minha opinião, não se deve decidir ter um filho de animo leve.
Primeiro, não deve ser uma decisão unilateral: as crianças precisam de pai e mãe e estes devem decidir em conjunto dar este passo.
Depois, há que ter em conta os factores económicos e sociais: uma criança não vive do ar. Se fizermos contas e lhe quisermos proporcionar uma vida sem privações, o investimento é bastante grande. Além disto ainda temos que ponderar a nossa disponibilidade. Uma criança precisa de atenção, e a vida profissional não pode estar sempre a servir de desculpa para a falta de tempo passado com os filhos.
Ainda há outra coisa que acontece muito, que é ter filhos para salvar uma relação. Meus amigos, isso NUNCA acontece. Se já têm um problema sem filhos, com a chegada da criança esse problema vai duplicar.
Podia estar aqui o dia todo a enumerar razões que devem ser ponderadas na altura de ter filhos, mas não vale a pena, se pensarem um bocadinho chegam lá.
Infelizmente, cada vez menos se pensa na hora de ter filhos. Há muito aquela ideia de que tudo se cria, e não pode ser. Uma criança é uma responsabilidade enorme, e, como tal, deve ser muito bem ponderada.
Isto é a minha opinião e vem na sequência da observação de alguns casos que me são próximos e me têm deixado preocupada.

Pensamento do Dia

terça-feira, 5 de março de 2013

Das coisas que estão na moda e eu detesto

Que me chamem "Linda". Um "Estás boa linda?", cheira-me logo a engate barato!!!

segunda-feira, 4 de março de 2013

Do descanso

Eu gostava muito de ser como aquelas pessoas que não precisam de dormir muito. Como o professor Marcelo, por exemplo, que diz que só precisa de dormir 3 horas por noite, aproveitando o resto do tempo para ler e fazer outras coisas. Também eu, que tenho imensas coisas para fazer e imensos livros para ler, poderia ser assim, mas, lamentavelmente não sou. Eu sou uma pessoa que precisa de muitas horinhas de sono. Posso fazer uma noitada ou ficar a ler até tarde, mas no dia seguinte, se acordar cedo, ando em modo zombie. E isso não é bom, porque não rendo, ando mal disposta e basicamente, até eu tenho alguma dificuldade em me aturar (imaginem os que me rodeiam). Posto isto, hoje é melhor não se aproximarem!

Dos Óscares

É uma vergonha ainda não ter falado aqui dos óscares! Não vi a cerimónia, tendo-me ficado por alguns resumos e imagens. Gostei que Argo tivesse ganho o melhor filme e que a Jennifer Lawrence o de melhor atriz. Em relação aos trapitos, na minha opinião ela era também a mais bem vestida. E não me vou debruçar mais sobre o assunto. Não só porque já passou algum tempo, mas também porque já toda a gente falou sobre isto!

domingo, 3 de março de 2013

Reencontro

Não sei se já viram isto, mas se não viram, vejam que vale a pena. O video é de 2010 e, resumindo a história, eles foram um casal durante 13 anos e quando decidiram terminar a relação juraram nunca mais se ver. Entretanto ela tornou-se numa artista consagrada e o MoMa fez uma retrospectiva da sua obra, onde ela compartilhava um minuto de silêncio com cada pessoa que se sentava à sua frente. E adivinhem que é que reapareceu???? Ora Vejam:

Momento Musical

:)