quinta-feira, 4 de abril de 2013

Os meus Livros #46

A Sétima Porta
É o terceiro livro de Richard Zimler que leio, e acho que ele é um excelente contador de histórias.
Este vem na sequência do Último Cabalista de Lisboa e fala-nos do período de ascensão ao poder do Hitler e das suas medidas contra os judeus e as pessoas com deficiência.
É um história forte, recheada de suspense e pormenores que quase nos transportam para o local.
Recomendo.


Título: A Sétima Porta
Autor: Richard Zimler
Sinopse: Em 1990, Richard Zimler descobriu numa cave de Istambul sete manuscritos do século dezasseis escritos por um cabalista chamado Berequias Zarco. Um deles narrava o pogrom de Lisboa em 1506 e a recriação dessa narrativa por Zimler resultou no best-seller internacional O Último Cabalista de Lisboa. Mas, o que revelavam os outros seis manuscritos?
Em Berlim, na década de Trinta, o descendente de Berequias Zarco, Isaac Zarco, está determinado a descobri-lo. Está convencido que o pacto entre Hitler e Estaline - para além de outros «sinais» - anuncia que uma profecia apocalíptica feita pelo seu antepassado está prestes a concretizar-se. Acredita também que, se conseguir descodificar esses textos cabalísticos medievais, pode salvar o mundo.
Passado durante a subida ao poder de Hitler e a guerra que os nazis moveram contra os deficientes, A Sétima Porta junta Sophie Riedesel - uma jovem espirituosa, artística e sexualmente ousada - com um grupo clandestino de activistas judeus e antigos fenómenos de circo liderados por Isaac Zarco. Quando uma série de esterilizações forçadas, estranhos crimes e deportações para campos de concentração dizimam o grupo, Sophie, agora já adulta, tem de lutar com todo o seu engenho para salvar tudo o que ama na Alemanha - a qualquer preço.

Sem comentários:

Enviar um comentário