quinta-feira, 16 de maio de 2013

A maldição dos 92

E o filme de sábado repetiu-se. Num jogo em que jogámos para ganhar, fomos a melhor equipa em campo, mais uma vez a sorte não esteve do nosso lado. 
Apesar de não termos ganho, sinto um orgulho enorme em ser Benfiquista. 
Mostrámos que somos muito grandes e estamos à altura de qualquer equipa. Jogámos com garra e foi lindo de se ver a luta constante para conseguir ganhar o jogo. 
Ontem, depois de postar o titulo deste post no facebook, vieram logo alguns portistas sugerir que mudasse de clube. 
Jamais faria isso. Ser do Benfica é uma paixão. Tal como nas paixões, ao ser do Benfica também se sofre, mas acredita-se sempre. 
Pode não ser agora, mas um dia chegaremos lá. 
Ficamos zangados em alguns jogos, mas nos seguintes estamos lá a torcer mais uma vez. 
E, há ainda mais uma coisinha: eu, apesar de ser uma pessoa muito chique e com muita classe, tenho sangue vermelho a correr nas veias. 
Por isto tudo e mais o que não disse, o Benfica é e vai ser sempre o meu clube.


Sem comentários:

Enviar um comentário